quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Os Falsos Mestres - Mensageiros de satanás

      Estamos em tempos de guerra, mas não contra os de fora, e sim contra os de dentro. Isto mesmo, amados irmãos.
     Vivemos tempos difíceis, onde uma grande parte responsável para defender o cristianismo verdadeiro escandaliza cada vez mais o evangelho. Pregando falsas doutrinas, para que seus interesses sejam atendidos.
     A Palavra de Deus não é consultada pelos homens, e por causa disso as heresias se propagam, tornando o evangelho da graça, numa enorme fonte de renda, onde beneficiam somente os interesses de homens inescrupulosos, filhos de satanás. Que usam o nome de Deus para seus desejos mesquinhos. Engando seue membros de tal maneira que seus olhos se fecham para a verdade.
    Meus amados leiam a carta de Judas. Pois este texto tem muito a dizer a nossa geração. Para os que distorcem a fé esta carta é detestável, por causa de suas advertências contra os que abandonam a verdade de Jesus Cristo.
    Judas nos versos 12 e 13 são implacáveis contra os falsos mestres na igreja. Onde ele nos diz:
   “manchas em vossas festas de caridades “- O povo de Deus era enganado por pessoas que aparentavam ser mensageiros de Deus, mas, em vez disso, eram ministros de satanás. Judas nos orienta para que estejamos atentos aos impostores, a fim de não naufragarmos na fé.
   “Nuvens sem água.. árvores infrutíferas” – Às vezes parece que as nuvens darão chuva até que vem o vento e a leva embora. As árvores parecem dar frutos, mas chega o outono, os frutos não aparecem. Os ministros de satanás prometem crescimento espiritual, mas não satisfazem a fome do povo de Deus com a verdade. Eles não somente são infrutíferos, mas não tem raízes, não estão enxertados na videira verdadeira, Cristo. Logo, não podem dar frutos, uma vez que não podem recorrer à verdadeira Fonte. Falam sobre Deus, mas, na verdade, não tem Deus.
   “Ondas impetuosas que escumam.. estrelas errantes” – Estas pessoas em Deus dão um verdadeiro espetáculo, mas lhe faltam à verdade, Elas se vangloriam da liberdade, mas são cativas do mal e colocam o povo de Deus sob a escravidão do pecado. Depois de cometerem suas maldades e obterem seus lucros indevidos, elas, como estrelas errantes, mudam-se para outros lugares, a fim de explorar novamente outros.
   “Eternamente trevas” – Estes impostores talvez não sejam punidos agora por suas maldades neste mundo, e seu verdadeiro caráter e suas ações talvez não sejam descobertas pelos cristãos, mas seu castigo eterno está certo..
    Meu amados vemos igrejas e mais igrejas sendo erguidas diariamente pelo mundo afora, em grande parte administrada por estes falsos mestres, pregando mentiras e extorquindo dinheiro do povo de Deus. Podemos diariamente ver denuncias contra estas igrejas por formação de quadrilha, extorsão, estelionato e outras coisas a mais.
    A verdadeira igreja de Jesus não se envolve em escândalos, por que seus lideres  são fiés a Cristo e não se misturam com as obras das trevas.
    Avalie o que está sendo pregado na sua igreja. Peça orientação do Espírito Santo. Leia  e medite nas Escrituras.
Que o Senhor possa te dar entendimento. Amém