quarta-feira, 14 de abril de 2010

Hipocrisia Cristã ( Exploração do Evangelho )

Saudações em Cristo Jesus.


Quem nunca ouviu dizer dentro de uma igreja evangélica o expressivo chavão “ Daí pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus” ( MT 22.21 ).


Desta forma, conseguem distorcer o evangelho, e tiram do povo tudo o que podem tirar.


Que hipocrisia, não irmãos. Tudo o que existe na bíblia fazendo ou dando a entender que você deve contribuir na obra é aplicado aos crentes.
E a Igreja? E as suas obrigações com os membros e com o Estado.


Está na hora de acabar com a isenção de tributos ao estado. É um monte de gente se dando bem sem pagar impostos, como imposto de renda, redução ou isenção de taxas e impostos na aquisição de bens móveis e imóveis. Basta comprar no nome da igreja ( Entidade filantrópica – muito rentável por sinal )


O Que tem de pastores e outros andando de carrão importado e de avião é brincadeira. ( Benção de Deus - hipócritas)


É fácil, R$ 3.000,00 ( a média ) de salário ( ajuda de custo ) pastor não pode receber salário ( A constituição prevê serviço voluntário ), Aluguel R$ 1.000,00. Assistência saúde R$ 500,00. Combustível R$ 400,00 ( visita pastoral) a maior parte é para passear e serviços particulares. R$ 1.000,00 de luz, água e telefone ( e gastam sem dó ) e outras despesas como viagens de estudo duas vezes por ano; reunião pastoral uma vez por mês com hotel, restaurante, viagem tudo pago pela igreja. Isto aqui fica apenas por baixo, A média de igrejas locais de tamanho médio. Sem contar com a jubilação de pastores que a igreja deve continuar pagando.

Brincadeira. Não pagam um centavo de imposto. E ainda. Muitos ainda conseguem colocar seus filhos em faculdades teológicas com todas as despesas pagas pela igreja. Pois eles serão os futuros pastores da igreja. Tudo dentro da família. ( Filhos, netos, genros, enteados etc. etc. ). Futuro garantido e rentável.
“ Sem fins lucrativos “. Que coisa né irmãos. Por acaso alguém abre alguma igreja que não seja para ter lucros. Qual é o louco do “Pastor “ que vai abrir uma igreja se não for para ganhar dinheiro, pelo menos, o suficiente para o seu bem estar (Eu pelo menos trabalho e pago meus impostos. E você? )
Agora, entraram na política, conseguiram uma bela fatia no governo. Alegam que são candidatos, pois o objetivo é de defender o evangelho contra aqueles que querem destruir os princípios da fé. Hipócritas. Nunca vi tantos crentes políticos envolvidos em maracutaia, envolvidos com todos os tipos de propinas e corrupção.
Estão lá sim, na maioria, para defenderem os interesses de suas igrejas, para que continuem se beneficiando do governo e dos membros, sendo imputáveis de impostos e negligenciados pelo estado quanto a fiscalização em suas administrações.
Que Deus pudesse levantar mais promotores e juízes, para denunciar tantas falcatruas existentes em muitas igrejas pelo país.
Que Deus pudesse levantar homens verdadeiros, íntegros e justos para mudar esta lei que só beneficiam poucos.
Com as igrejas pagando impostos, haveria fiscalização do governo. Os municípios, os estados arrecadariam mais, que beneficiaria muitas pessoas. Com certeza, circula dentro das igrejas no Brasil em torno de 5% de toda renda do Brasil.
Por estas e outras coisas que hoje, sou um pastor missionário. Vivo do meu salário, pago meus impostos e faço a obra voluntária. Na minha folga prego o evangelho nos valados, na cruz do calvário. Não sou contra o auxilio pastoral. Sou contra a exploração do Evangelho.


Ouçam o que o Espírito diz as igrejas..

Maranatha Jesus está voltando.